domingo, 20 de julho de 2014

Dia da Europa - Parte 3

Já em tempo de férias é bom recordar, por isso aqui vão mais umas fotos da exposição realizada pelos alunos do sétimo e oitavos anos de escolaridade, com as professoras Ana Paula Martins e Lara Macedo.










quarta-feira, 16 de julho de 2014

Comemoração do Dia da Europa- Parte 2


Sim sim, já sei que já passou, que foi no passado dia 9 de maio, mas nunca é tarde para relembrar. Por isso aqui vão mais algumas fotos a sinalizar o que por aqui se fez nesse dia. Foi mesmo um dia em cheio!

As danças originárias de vários países foram muito ensaiadas para que no Dia tudo saísse muito bem.


Danças multiculturais sob a orientação da Profªa Susana de E.F







quinta-feira, 29 de maio de 2014

Comemorações do Dia da Europa

Os alunos do 7º e  8º ano prepararam esta exposição com alguma antecedência, para nos dar a conhecer a Cultura, Língua e Geografia dos vários países da Europa.
Sob a tutela das suas professoras de geografia escreveram às embaixadas e fizeram o tratamento dos documentos enviados, de forma muito criativa (até bolos havia!).
Aprenderam muito com toda a certeza e envolveram-se para que os seus trabalhos fossem interessantes e apelativos.
Desse trabalho nasceu uma exposição que permaneceu por alguns dias no anfiteatro da escola até ao culminar do dia 9 de maio e que muitos visitaram com agrado.
Aqui ficam apenas algumas fotografias da exposição, outras seguirão.

Toutes mes félicitations!
¡Enhorabuena!
Parabéns!
Congratulations!






sábado, 19 de abril de 2014

Vamos a um jogo?

Para que conheças melhor as tradições ligadas à Páscoa e te divirtas aprendendo sempre mais e mais.

Clica neste link e começa a diversão!

E aqui fica também a explicação de alguns  dos símbolos da Páscoa:


quinta-feira, 17 de abril de 2014

Receitas de Páscoa

Por esta Europa fora festeja-se a Páscoa de diversas maneiras, as iguarias à mesa não faltarão por certo. O que é tradicional comer por esta Europa fora? Ora aqui podem encontrar algumas sugestões:
neste link



A Páscoa e os Folares

Se não querem fugir à tradição ainda vão a tempo de fazer estes folares para oferecerem ou comer no dia de Páscoa.



Folar Fofo




Este folar é tradicional de Aljezur (clique no link para a receita)

sábado, 5 de abril de 2014

A Páscoa pelo mundo diz-se assim

As celebrações são momentos altos para conhecer melhor a nossa cultura, tradições e raízes. Daqui deste cantinho e de todos o mundo. Vamos começar por saber como se diz a Páscoa que se avizinha.

A palavra Páscoa em várias línguas
AlemãoOstern
Árabeعيد الفصح (ʿĪdcrisdutividade u l-Fiṣḥ)
BascoBazko
BúlgaroВеликден ('Velikden)
CatalãoPasqua
EspanholPascua
Esperanto      Pasko
FinlandêsPääsiäinen
FrancêsPâques
FriulanoPasche
Georgiano(Aghdgoma)
GregoΠάσχα (Páscha)
HúngaroHúsvét
InglêsEaster
IrlandêsCáisg
IslandêsCáisg
ItalianoPasqua
Japonêsイースター (Īsutā)
LatimPascha ou Festa Paschalia
LetãoLieldienas
NeerlandêsPasen
NorueguêsPåske
PolonêsWielkanoc
PortuguêsPáscoa
RomenoPaşti
RussoПасха (Paskha)
SuecoPåsk
TurcoPaskalya
UcranianoВеликдень (Velykden')

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Erasmos+ Um Futuro Brilhante



O Erasmus+, o novo programa Europeu para a Educação, Formação, Juventude e Desporto, está em curso desde 1 de janeiro de 2014 e o eTwinning faz parte integrante deste programa! O Erasmus+ combina num único programa integrado os anteriores Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida (Comenius, Leonardo, Erasmus, Grundtvig e Programas Transversais), Juventude em Ação, Jean Monnet, Tempus e Erasmus Mundus.

Este  video apresenta o novo programa Eramus+

Encontra o programa Erasmos + no Facebook e mantém-te atualizado!

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Chandeleur ou Nossa Senhora das Candeias

O tempo voa, o Natal já lá vai, os dias estão mais longos e para comemorar o regresso da luz vários países celebram a data de 2 de fevereiro com várias iguarias.

Em Portugal celebra-se o Dia de Nossa Senhora das Candeias, da Luz ou da Purificação, sabendo que uma candeia  significa:s.f. Candeeiro de óleo ou de cera.
Lâmpada formada por um recipiente de barro ou de folha, munida de um bico pelo qual passa a extremidade de um pavio, que se enche com óleo para queimar.)


Esta festividade enraíza-se no calendário religioso católico na lei de Moisés que obrigava as mães a apresentarem-se no Templo para a cerimónia de purificação, 40 dias (ou seja, 40 dias depois do Natal, nascimento de Jesus), depois do nascimento do filho e 80 dias depois do nascimento de uma filha.
Nesse dia é usual fazer doces fritos como filhoses, que com o seu tom dourado simbolizam o sol, diz a lenda que trazem abundância à casa onde são feitos. Devem ser fritos em azeite novo para obedecer aos critérios de pureza do dia.
Neste blog: AUREN - Por Ourém e pelos oureenses!, há informações mais pormenorizada sobre este festejo em Aljustrel (Fátima).

Em França festeja-se a Chandeleur (festa das velas ou candeias), também pelas mesmas razões e é hábito fazer crepes, dourados e redondos que lembram o astro solar. Quer a tradição que se vire o crepe com a frigideira na mão direita e se segure uma moeda de ouro ou dourada na outra para dar sorte e abundância.

Há uma variedade enorme de especialidades ligadas a este dia por todo o mundo, mas hoje vou centrar-me nos crêpes simples e básicos e nas filhoses. Aqui ficam as receitas!

dos crepes e das filhoses (estas são de Natal mas também podem ser feitas nesta ocasião).